Pesquisar este blog

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Rio Grande é o destaque da Zona Sul no PIB 2010

Com um Produto Interno Bruto de R$ 7.737.855,00 em 2010 e uma média percapita de R$ 39.228,07, o município de Rio Grande é o grande destaque da Zona Sul, no Produto Interno Bruto dos Municípios brasileiros 2010, divulgado na mnhã desta quinta-feira (12), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatítica (IBGE). Entre os 100 maiores municípios do País, Rio Grande se destaca em 71ª colocação, no que se refere a preços correntes e participações percentuais relativa e acumulada. Outro destaque se refere ao valor adicionado bruto da Indústria, em que aparece em 89º lugar.

O município ainda aparece em 13ª colocação entre os 30 maiores municípios da região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Este quesito é liderado por Curitiba (PR), seguido de Porto Alegre (RS) e Joinvile (SC). Pelotas também se destaca na 24ª colocação, à frente de municípios como Passo Fundo (RS), Pinhais (PR) e Chapecó (SC).

PIB percapita
No que se refere a PIB percapita, outro destaque da região ficou por conta de Candiota, que apresenta média de R$ 36.769,38 por habitante/ano. A grande surpresa ficou por conta de Pelotas, que ostenta média de R$ 13.925,47, menor do que outros municípios da Zona Sul como Pinheiro Machado, que teve média de R$ 14.642,99.
No entanto, Pelotas se destaca quando o assunto é valor adicionado bruto dos Serviços e participações em que ostenta um 92° lugar, entre os 100 maiores do País. Neste caso, Rio Grande ficou em 81° lugar. No valor adicionado bruto da Administração, saúde e educação públicas e seguridade social, o desempenho de Pelotas é ainda melhor e aparece em 57ª colocação, à frente de outros municípios gaúchos como Gravataí (71º), Santa Maria (72º), Novo Hamburgo (76º) e outros.
Destaque ainda para Santa Vitória do Palmar, que aparece em 60º lugar entre os 100 maiores quando o assunto é valor adicionado bruto da Agropecuária.

A pesquisa
A pesquisa é resultado de projeto desenvolvido em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). Apresenta dados sobre as variações na participação dos municípios no PIB nacional entre 2009 e 2010, os municípios que concentraram a geração de renda e os destaques no valor adicionado da agropecuária, indústria e serviços.
( Por: Luciara Schneid - DP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário