Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O melhor do ano: 10 melhores frases de 2012

  Relembrar é viver, como já dizia todo mundo. E, nesse clima de retrospectiva, momentos marcantes ficam ainda melhores se vierem acompanhados de frases de efeito. Entre lendas, grandes passos (e saltos) para humanidade e doses de controvérsia, relembre 10 frases marcantes de 2012:


10. “Yoko Ono não separou os Beatles”
Quem disse: Paul McCartney, ex-Beatle
Quando:
9 de novembro de 2012, em entrevista no programa do apresentador David Frost
Faz parte da cultura popular: você sabe que Darth Vader é pai de Luke Skywalker e que Yoko Ono separou o Quarteto de Liverpool. Ou não. Em entrevista ao apresentador David Frost, o ex-Beatle Paul McCartney foi categórico ao afirmar que a companheira de John Lennon não causou a separação do grupo em 1970. “Ela certamente não dividiu o grupo, o grupo estava se dividindo”, ele disse também, afirmando ainda que se não fosse pela japonesa vanguardista, Lennon poderia nunca ter escrito canções como a clássica Imagine.

9. “Quem teve a maior perda fui eu. Primeiro o Chico e agora o Millôr”
Quem: Ziraldo, cartunista, desenhista, escritor, jornalista e pai do “Menino Maluquinho”
Quando:
28 de março de 2012, depois da morte de Chico Anysio e Millôr Fernandes
Primeiro Chico Anysio, no dia 23. Depois Millôr Fernandes, em 27 de março. Em menos de uma semana, o Brasil perdeu dois de seus grandes humoristas. Ziraldo, amigo pessoal de ambos, lamentou a perda e relembrou a parceria de longa data com o desenhista – ele conheceu Millôr quando tinha 15 anos de idade, e antes disso já trocavam correspondências.

8. “Se não quer pressão, é melhor não jogar na seleção. É melhor ir trabalhar no Banco do Brasil”
Quem disse: Luiz Felipe Scolari, técnico da Seleção Brasileira
Quando:
29 de novembro de 2012, ao ser apresentado como o substituto de Mano Menezes
Climão. Luiz Felipe Scolari pisou na bola antes mesmo de entrar em campo. Em sua primeira entrevista como técnico da seleção brasileira de futebol, Felipão causou mal-estar com o Banco do Brasil ao dizer que por lá pode-se “sentar no escritório e não fazer nada”. Ops. Depois de um comunicado oficial do BB informando que todos os 116.000 funcionários trabalham um bocado sim, obrigado, Felipão se desculpou publicamente. Sem ressentimentos.

7. “Queremos estender os limites da humanidade um pouco mais”
Quem: Felix Baumgartner, paraquedista e base jumper austríaco
Quando:
14 de outubro de 2012, antes de saltar de paraquedas da estratosfera
Para chegar lá em cima, demorou duas horas e 35 minutos. Já a descida foi bem mais rápida: o salto de uma altura de 39.068 metros levou quatro minutos e 20 segundos e fez de Felix Baumgartner o primeiro homem a romper a velocidade do som em queda livre. O austríaco também bateu o recorde de salto mais alto feito com um paraquedas e subiu ao ponto mais distante da Terra.

7. “O melhor ainda está por vir”
Quem: Barack Obama, Presidente dos Estados Unidos
Quando:
7 de novembro de 2012, em seu discurso de vitória após reeleição
Depois de uma disputa acirrada e um resultado apertado – com diferença de pouco mais de 1,3 milhão de votos – Barack Obama foi reeleito presidente dos Estados Unidos, derrotando o republicano Mitt Romney. Em seu discurso, o lema de “esperança e mudança”, presente em sua campanha de 2008, continua forte. Agora, é seguir em frente.

6. “O Brasil merece a verdade”
Quem: Presidenta Dilma Rousseff
Quando:
16 de maio de 2012, ao instalar a Comissão da Verdade
A Comissão da Verdade instaurada no país é composta por sete membros indicados pela Presidência da República e terá acesso aos arquivos da ditadura militar no Brasil. Serão ouvidos testemunhos diversos de vítimas do regime para esclarecer mortes, torturas e desaparecimentos, fazendo valer o direito à memória. Ao fim de dois anos será produzido um relatório que reunirá as informações levantadas pela comissão.

5. “A revolução continua no Egito e hoje isso se realiza com a ascensão de um presidente eleito pela vontade popular”
Quem: Mohamed Mursi, Presidente do Egito
Quando:
29 de junho de 2012, em discurso na Praça Tahrir, um dia antes de sua posse
Depois de 30 anos no poder, o ditador egípcio Hosni Mubarak foi deposto em 2011. O momento emblemático para a onda de manifestações a favor de governos democráticos, a chamada Primavera Árabe, tornou-se ainda mais significativo este ano, com a eleição de Mohamed Mursi, primeiro presidente eleito livremente da história do Egito e o primeiro presidente islâmico eleito do mundo árabe.

3. “Agora eu sou uma lenda”
Quem: Usain Bolt, corredor jamaicano
Quando:
8 de agosto de 2012, depois de vencer duas provas nos Jogos de Londres
Lightning Bolt, considerado o homem mais rápido do mundo, saiu das Olimpíadas 2012 com três medalhas de ouro. Bicampeão olímpico e mundial, o corredor jamaicano é detentor dos recordes mundiais nos 100 e 200 metros rasos e no revezamento 4 x 100 metros. Um feito singular: é o único atleta a conseguir dois títulos seguidos nas provas de 100  e 200 metros rasos.

2. “Nós acreditamos que a necessidade de se abrir e se conectar é o que nos torna humanos. É o que nos une. É o que dá sentido às nossas vidas”
Quem: Marck Zuckerberg, fundador e CEO, bitch do Facebook
Quando:
04 de outubro de 2012, em comemoração ao marco de 1 bilhão de usuários ativos no Facebook
Já são mais de 1,13 trilhões de curtidas e 140,3 bilhões de conexões de amizade desde a criação do Facebook, em 2004. Mesmo o mais ambicioso dos estudantes universitários não conseguiria imaginar que um projeto criado dentro do dormitório da faculdade poderia atingir marco tão significativo dentro de oito anos. Apesar dos números terem gerado certa polêmica, já que não foi especificado se o montante de 1 bilhão de usuários ativos inclui também as contas falsas (que representam 8,7% dos usuários, segundo dados de agosto divulgados pelo Facebook), o fato é que a rede social é hoje a plataforma mais usada no mundo. E Zukie está de olho nos outros 6 bilhões de usuários em potencial.

1. “Hoje as rodas do Curiosity começaram a traçar o caminho para as pegadas humanas em Marte”
Quem: Charles Bolden, diretor da NASA
Quando:
06 de agosto de 2012, em coletiva de imprensa anunciando o bem sucedido pouso na superfície de Marte
Um pequeno passo para um veículo-robô, um grande passo para a humanidade. Depois de 566 milhões de quilômetros e 8 meses e 17 dias de viagem, o explorador Curiosity pousou no planeta vermelho com sucesso. A missão de reconhecimento é um importante marco para o sonho da NASA de enviar astronautas em uma viagem rumo à Marte na década de 2030.
( Jessica Soare - Super Interessante)

Nenhum comentário:

Postar um comentário