Pesquisar este blog

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Brava Linhas Aéreas chega neste mês na região

A homologação da marca Brava Linhas Aéreas deve vir da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no começo de dezembro, quando a empresa receberá a primeira das dez aeronaves Brasília, de 30 lugares, adquiridas da Empresa Brasileira Aeronáutica (Embraer). Pelotas e Rio Grande estarão incluídas na utilização desse modelo de aeronave na ligação com Porto Alegre e nos voos para São Paulo e Rio de Janeiro, que a Brava busca implantar com a aprovação da Anac, como parte de seu projeto de expansão em todos os estados do Sul do país - Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

A Brava é a substituta da NHT Linhas Aéreas, empresa que pertencia à holding JMT, de Santa Maria, e está no mercado desde 2006. A aquisição da NHT pelo diretor do Grupo Acauã, Jorge Barouki, de Camboriú, em Santa Catarina, foi homologada pela Anac na primeira quinzena de julho deste ano. Barouki, nesta terça-feira (27), em São Paulo, manifestou sua expectativa para a homologação do pedido de alteração das malhas aéreas para a Brava e dos respectivos manuais de voos. Na oportunidade, Barouki lamentou que as novas operações não tenham sido iniciadas em novembro, conforme havia anunciado no começo do mês de agosto. Em setembro, o proprietário da Brava já havia adiantado o propósito de ligar Pelotas e Rio Grande a São Paulo, com as novas aeronaves Brasília.

A Brava
Utilizando as cores azul e branca, a Brava foi lançada durante o Festival Internacional de Turismo, realizado recentemente em Gramado. No Facebook, ela já está presente, com o novo lay out que as aeronaves passarão a ter, informa o diretor comercial Jeffrey Kerr. As dez aeronaves já adquiridas devem ser entregues até o final de 2013.

Segundo Kerr, a Brava busca chegar a cidades ainda não atendidas por linhas aéreas, além de buscar a aprovação para voos até aos aeroportos de Guarulhos, em São Paulo e Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A Brava manterá sua sede em Porto Alegre. Barouki é sócio do Grupo Acauã, mas a Brava não faz parte dele. O Acauã, através da VIT Solo, presta serviços especializados de limpeza de aviões e embarque e desembarque de bagagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário